Liderança na Era da Complexidade: Re-engajando pessoas


Os limitados em papéis confinadores, aqueles que foram enterrados na hierarquia, vão aflorar e se desenvolver na companhia de líder anfitrião. Entretanto, leva um tempo para que percebam que o seu chefe é diferente, que este líder realmente quer que eles contribuam. Pode levar muito tempo em sistemas onde as pessoas foram silenciadas e levadas às submissão por uma liderança autocrática.


A maioria das pessoas tem uma atitude de esperar para ver, pouco interessadas em participar, pois os convites feitos foram insinceros, ou faltou os engajaram em trabalhos significativos. O líder precisa provar-se continuamente, insistindo que o trabalho pode ser realizado, os problemas resolvidos, com a participação de todos.


Se a mensagem é sincera e consistente, as pessoas pouco a pouco retornam à vida – mesmo aquelas que morreram no trabalho, que estão esperando pela aposentadoria, podem reavivar na presença de um líder que os encoraja e cria oportunidades para que contribuam.


Líderes-anfitriões precisam ser convocadores habilidosos. Percebem que a sua organização ou comunidade é rica em recursos, e que a forma mais fácil de descobri-los é juntar pessoas diversas em conversas significativas. Pessoas em conflito, que se desmereciam e ignoravam, que se sentiam invisíveis, negligenciadas, excluídas – estas são as pessoas que podem emergir de suas caixas e rótulos para se tornarem interessantes e engajados.


Anfitriar conversas significativas não se trata de fazer com que as pessoas se gostem ou se sintam bem.


Trata-se de criar os meios para que as questões sejam resolvidos, para que times funcionem da melhor forma possivél e para que as pessoas se tornem ativistas calorosos.


Líderes-anfitriões criam mudanças substanciais ao contar com a criatividade, o compromisso e a generosidade de todos. Aprendem da experiência direta que essas qualidades estão presentes em todo mundo e em todas as organizações. Estendem convites sinceros, fazem boas perguntas e têm a coragem de apoiar a atitude de assumir riscos e a experimentação.


E você? Assume riscos nas experimentações?

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
No tags yet.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

STELLA BITTENCOURT

 

LIFE STRATEGIST

 

ADVISORY | MENTORING | LEARNING

 

TEL: (+ 55 51 98283-0504)

© 2015 by Stella Bittencourt.