#8 livros sobre Comunicação Empática

February 16, 2018

 

Para todos os que pedem durante as oficinas e vivências de Comunicação Empática e para os curiosos aqui vão alguns dos livros que norteiam essa abordagem. Estes títulos  são os mais bem afinados com esse novo jeito de se comunicar.

 

Esses livros são uma inspiração para mim pois me ajudam a:

1)- olhar para as necessidades,

2)- a cuidar das próprias emoções e dos diálogos internos,

3)- a desenvolver uma escuta empática

4)- fortalecer relações baseadas em compaixão,

5)- estar presente no aqui e agora

6)- ao exercício da auto compaixão

7)-  a aceitação da nossa humanidade e

8)- a coragem de ser autêntico de um jeito vulnerável.

 

+ do que  ler, é experimentar colocar os conceitos no dia a dia.

 

Participe dos grupos de prática, assim você vai vendo como essas ideias podem mudar a vida de verdade.

 

#01
Tornar-se Pessoa
Carl Rogers, Editora Martins Fontes
O trabalho de Rogers é centrado na psicologia humanista e a base da Comunicação Empática. Com abordagem "centrada na pessoa", afirma que três aspectos são fundamentais na postura do terapeuta em relação ao paciente: a congruência, a compreensão empática e a consideração positiva incondicional, reforçando a importância da autenticidade nas relações.

 

#02
Deixe de Ser Bonzinho e Seja Verdadeiro
Thomas d'Ansembourg, Editora Sextante
Recomendado para iniciantes, o livro explica os conceitos básicos de comunicação com exemplos e enfatiza a importância de vencer os próprios condicionamentos e assumir a responsabilidade dos diálogos internos.

 

#03
Não seja bonzinho, Seja Real – como equilibrar a paixão por si com a compaixão pelos outros
Kelly Bryson, Editora Madras
Livro de um dos treinadores de Comunicação Não-Violenta da primeira geração, amigo e colega do Marshall, o estilo é mais narrativo e divertido, menos estruturado.

 

#04
The Surprising Purpose of Anger
Marshall Rosenberg, Editora Puddle Dancer
Sem tradução para o portugês o livro integra uma série de transcrições de sessões de perguntas e respostas com o criador da CNV. Nesta obra, o foco é a raiva que precisa ser acolhida e expressada, entender seus gatilhos, como transformá-la, contemplando seus motivos.

 

#05
A arte da imperfeição
Brené Brown, Editora Novo Conceito
Pesquisadora do tema "vergonha", Brené mergulha no conceito da vulnerabilidade e descobre que a chave para viver plenamente está na prática da coragem, da compaixão e da sintonia, ou seja da conexão humana. Neste livro, ela traz orientadores e dicas de como experimentar uma vida plena.

 

#06
A coragem de ser imperfeito
Brené Brown, Editora Sextante
Brené trata neste livro mais a fundo ddo conceito de “vulnerabilidade” e que aceitá-la é fundamental para viver com ousadia e autovalorização, sem medo da crítica ou da derrota. Indo mais além discute como viver a vulnerabilidade com confiança, reciprocidade e limites saudáveis.

 

#07
Autocompaixão: pare de se torturar e deixe a insegurança pra trás
Kristin Neff, Editora Lúcida Letra
Imperdível !! O livro acaba de ser traduzido para o português. A “cereja do bolo” é que conceitua de uma forma original o que seriam os componentes essenciais para a prática da autocompaixão.

 

#08
Auto ajuda em conflitos
Friedrich Glasl, Editora Adigo
Famosos na área de resolução de conflitos e criador do modelo da “escalada de conflitos”,este livro contém sugestões do que fazer em cada degrau dessa escalada.


Gostou, deixa um comentário aqui?

 

Please reload

Featured Posts

Um tesouro a nossa disposição

August 2, 2016

1/2
Please reload

Recent Posts

September 5, 2019

Please reload

Archive