Atenção na pessoa, não no problema, para gerar novos comportamentos.

May 17, 2018

Da serie: saber o que faz a diferença faz toda a diferença – E#1

 

Uma das principais armadilhas dos atendimentos de Coaches mundo afora é focar nos tópicos ou problemas que os clientes trazem para suas sessões.

 

Quando você segue esse caminho, pode ajudá-los a explorar e escolher opções, mas não encontra as razões pelas quais os problemas ocorreram e são difíceis de resolver.

 

Você lida com o problema externo e se esquece de trabalhar a pessoa. Como resultado, o problema aparecerá repetidamente de várias maneiras no futuro. Nesse cenário, quem trabalha assim, age mais como um guia.

 

No meu trabalho de atendimentos sob medida H2H, em vez disso, sou curiosa para saber por que meus clientes inteligentes e engenhosos não conseguem descobrir essas soluções por conta própria. Quando me comporto desta forma descubro o que precisa ser abordado de forma que meus clientes possam ver soluções e possibilidades em seus negócios e em si próprios ao expandir meu pensamento e criar mais experiências inovadoras.

 

Meu foco nunca foi e não é a resolução de problema e sim o ser humano à minha frente.

 

Minhas abordagens:

 

1. Diferencio o problema externo dos blocos internos que impedem os clientes de descobrir soluções poderosas por conta própria.

 

2. Amplio o espectro de possibilidades ao facilitar uma mudança de mentalidade focada na pessoa em vez do problema.

 

3. Pratico presença plena e escuta empática para criar uma nova consciência e um pensamento inovador.

Please reload

Featured Posts

Um tesouro a nossa disposição

August 2, 2016

1/2
Please reload

Recent Posts

September 5, 2019

Please reload

Archive