Até quando?!

January 3, 2020

 2019 foi o primeiro ano sem assassinatos por violência de gênero em Euskadi desde 2002.

 

Foi o primeiro ano desde 2002 em que nenhuma mulher foi morta pelas mãos de seu parceiro ou ex-parceiro em Euskadi, uma comunidade autônoma do país Basco em que a violência sexista matou 42 mulheres nos últimos 17 anos data do inicio do registro e contagem desses crimes.

 

Segundo dados do Instituto Basco das Mulheres, Emakunde (Agencia do Governo do País Basco), os anos mais sangrentos foram 2004 e 2010, com cinco assassinatos em cada um, seguidos por 2005 e 2006 com 4 mulheres mortas por essa causa também em cada exercício.

 

Nos últimos nove anos, desde 2011, o número de mortes atingiu apenas 3 em uma ocasião (2015) e o resto dos anos variou entre 1 e 2, até que este 2019 recentemente concluído tenha sido fechado sem nenhum assassinato.

 

Na Espanha como um todo, 1.033 mulheres foram mortas desde 2003 e 34 crianças foram mortas desde 2013, enquanto os órfãos desse tipo de violência atingem 278. Há também mais de meio milhão de mulheres registradas como vítimas de violência machista do Ministério do Interior.

 

Somente este ano, 55 mulheres e três crianças foram mortas e outras 46 ficaram órfãs. Mais de 80.000 denúncias de violência de gênero foram registradas no primeiro semestre do ano, segundo dados do Conselho Geral do Judiciário e, dos julgamentos realizados, 70% são condenatórios.

 

2019 também será lembrado como o ano em que a milésima vítima da violência sexista na Espanha foi contada. Foi no dia 14 de junho em Córdoba, onde Ana Lucía Silva, 49 anos, foi morta por seu parceiro, que estava em liberdade condicional por matar seu ex-parceira.

 

Publicado em 3 de janeiro de 2020 em:
https://www.elcorreo.com/sociedad/2019-primer-asesinadas-20200102124756-nt.html

 

Please reload

Featured Posts

Um tesouro a nossa disposição

August 2, 2016

1/2
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive